FANDOM


Principal

"Eu sou a verdadeira Ada Wong. Não preciso da ajuda de ninguém! Meus planos não estão falhando, eles estão prosperando!"
— Carla Radames para Ada Wong.

Carla Radames foi uma pesquisadora trabalhando para Derek C. Simmons e a responsável pela descoberta e criação do C-Vírus. Devido a obsessão de Simmons, ela se tornou uma clone de Ada Wong contra a sua vontade e a eventual fundadora da Neo Umbrella.

C-Virus, Projeto Ada, e Neo Umbrella

"Não sei quantos anos demorará, mas vou fazer tudo o que puder para deixar Simmons orgulhoso!"
— Carta de Carla detalhando as origens do C-Virus.

CarlaRadamesFocue

Verdadeira face de Carla Radames

Na sua juventude, Carla Radames era uma intelectual altamente talentosa e começou a se familiarizar com o trabalho de genética, terminando um doutorado quando tinha apenas quinze anos de idade. Sua inteligência extrema finalmente despertou o interesse de Derek C. Simmons. Ela começou a trabalhar para ele no desenvolvimento de agentes virais e armas bio-orgânicas e, em 2001, começou a trabalhar sobre o que mais tarde se tornaria o C-Virus. O trabalho de Carla no vírus começou com uma amostra do vírus T-Veronica que ela havia obtido, com a intenção de usá-lo como base para seu novo vírus. Com o objetivo de isolar a característica de mutação encontrada no Progenitor Virus e nos vírus subseqüentes, ela conseguiu criar T-02 combinando essa característica com o vírus T-Veronica. O próximo passo na criação do C-Virus foi combinar o T-02 com uma amostra do G-Virus que havia sido obtida de Sherry Birkin, o que resultaria no que Carla chamou de vírus perfeito.
Carlarosto

Clone perfeito de Ada Wong

Após suas interações com Ada Wong em 1998, Simmons ficou apaixonada por ela. Este sentimento tornou-se uma obsessão depois que ela o rejeitou, forçando-o a iniciar Projeto Ada, operando a partir de um laboratório na Quad Tower na China. Projeto Ada foi uma série de experiências com o propósito expresso de criar essencialmente outra Ada Wong, uma Ada que sentiria por Simmons da mesma maneira que sentia por ela. Carla Radames foi a pesquisadora chave por trás dos experimentos, tentando utilizar o aspecto de Mutação Completa do vírus para controlar seu resultado. Durante anos, Radames fez tudo em seu poder para utilizar seu C-Virus recém-criado para tentar fazer os desejos de Simmons se tornar realidade e criar a nova forma de vida perfeita para ele. No entanto, uma e outra vez, houve apenas uma falha. Ela tentou o experimento milhares de vezes, resultando em monstruosidades como a Lepotitsa e o Gnezdo, mas não houve recreação bem-sucedida até a tentativa 1.235.ª - a tentativa que usou a própria Carla Radames como sujeito de teste contra ela. Foi devido à sua estrutura genética que, como Simmons descobriu, ela faria a principal candidata para o Projeto Ada.

Em 30 de abril de 2009, o corpo de Carla Radames foi recriado com sucesso na imagem perfeita de Ada Wong, com a mente fresca para ser moldada por Simmons. Naquele dia, Carla Radames deixou de existir e ela era conhecida por si mesma e por Simmons como Ada Wong. A evidência desta recriação foi encontrada pelos agentes governamentais dos Estados Unidos, Leon Scott Kennedy, e Helena Harper no laboratório subterrâneo de Simmons, sob a Igreja Tall Oaks, e mais tarde pela própria Ada Wong, na forma de uma fita VHS chamada ''Happy Birthday, Ada Wong.''

Morte

Carla Radames foi morta após uma intensa e longa perseguição pelos soldados da BSAA Chris Redfield, e Piers Nivans, a mesma foi encurralada em um Heli-ponto por ambos soldados, porém um Helicóptero comandado por Derek Simmons disparou com um rifle de alta precisão no peito de Carla, no que resultou sua queda inevitável a muitos metros de altura.

Carla Radames foi encontrada morta por Ada Wong, porém antes de morrer ela injetou em sí mesma o C-Virus, no que resultou em uma mutação que transformou Carla em um limbo branco, depois de voltar a vida e discutir com Ada, ela partiu para o ataque, mas que resultou na morte de uma vez por todas de Carla.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.