FANDOM


Download

Lisa Trevor infectada

"Ma....e... "
— Lisa Trevor, antes de se jogar em um abismo depois de ver o cadáver de sua mãe.

Lisa Trevor foi uma cobaia humana de testes. Aos catorze anos de idade foi forçada a sofrer uma infinidade de experimentos biológicos hediondos e ilegais conduzidos pela infame Umbrella Corporation. Os efeitos colaterais das experiências transformaram Lisa em uma abominação.

Mutação e Habilidades

Lisa foi exposta a variação "tipo-B" do Progenitor Virus. Depois disso, ela serviu como cobaia de testes para experiências ainda mais severas. Lisa conseguiu sobreviver a todos os testes, independentemente da potência do vírus ou parasita implantado na mesma. Foi injetada com um espécime do tipo NE-α em que, para a surpresa do pesquisador da Umbrella, Dr. William Birkin em 1978, Lisa não só superou a espécime, mas também conseguiu absorvê-la e se adaptar. Ao procurar uma explicação, o Dr. Birkin descobriu uma estirpe do progenitor totalmente diferente dos T-Vírus dentro de seu corpo para ser a causa; este vírus foi chamado de Golgotha Vírus, também chamado G-Vírus.

Nos sete anos seguintes ao experimento, Lisa recuperou um grau de sua inteligência que foi perdida durante a pesquisa do T-Virus. Isto transformou-se num perigo sério à segurança do laboratório quando começou a atacar pesquisadoras mulheres de forma semelhante à uma mulher em 1967. Após a morte de três em 1995, uma decisão foi tomada para que Lisa fosse morta, vendo-a como não sendo mais útil em suas pesquisas. Após a execução, seu corpo foi observado por três dias para confirmar sua morte.

O novo chefe de pesquisa do laboratório, Dr. John Clemens, levou o corpo dela para um local secreto, onde ela acordou. Durante os próximos três anos, Lisa viveu em uma cabana na extremidade dos terrenos da Mansão Spencer e, dado o conteúdo do galpão, pode ter sobrevivido comendo abóboras e outros vegetais cultivados na área.


Os principais ataques de Lisa incluem arremessar-se contra o inimigo e bater-lhes com sua corrente e grilhões. No entanto, o verdadeiro poder de Lisa é quase imortal; ela é capaz de levar muito mais dano do que qualquer ser humano não mutante e se recuperar. Rumores entre os pesquisadores afirmam que ela realmente se tornou imortal, e até Albert Wesker se perguntava se realmente valia a pena lutar contra ela. Apesar de sua resistencia, ela foi derrotada por Wesker e morreu quando a Mansão Spencer foi destruída.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.